Entenda como o Grupo Cornélio Brennand democratizou a comunicação da empresa com o uso de Podcasts

Leitura
6 min

Podcast: engajamento e versatilidade na comunicação corporativa

O podcast é uma ferramenta incrível para os departamentos de comunicação atingirem o público interno com uma mensagem em tom mais amigável. Este formato não apenas caiu no gosto do público, como também está fazendo sucesso nas empresas pelo engajamento e dinamismo proporcionado ao se comunicar notícias internas e outras informações.

O áudio permite trabalhar diversos conteúdos e trilhas sonoras, transformando a comunicação corporativa em uma conversa mais intimista e descontraída, como a do rádio. Além de humanizar a comunicação, possibilita que o colaborador vivencie o dia a dia da organização por meio de uma experiência que vai além do texto e, por vezes, traz uma melhor compreensão. Sem dúvidas, essa é uma forma de abordar diversos assuntos e temáticas em uma linguagem muito mais acessível.

O módulo de podcast da Beehome, plataforma de comunicação interna 360 graus, está se tornando cada vez mais popular nas empresas. Isso mostra que já está na hora das organizações entenderem que precisam explorar outros formatos para serem mais inclusivas. Afinal, o mundo conectado de hoje exige que a comunicação corporativa também seja multimídia, incluindo formatos não apenas em texto.

Vantagens de adotar o podcast em sua estratégia de comunicação:

  • Linguagem acessível e dinâmica
  • Possibilidade de explorar recursos sonoros
  • Tom mais humanizado e amigável
  • Oportunidade para abordar diversos conteúdos, dos mais complexos aos mais corriqueiros
  • Rapidez na transmissão da mensagem
  • Capacidade multitela (pode ser acessado pelo celular, computador ou TV corporativa)
  • Interatividade com ouvintes, uma vez que os colaboradores podem deixar um comentário em cada episódio

Podcast: por onde começar na sua empresa?

Agora que você já sabe os benefícios que o podcast proporciona a sua estratégia de comunicação interna, é importante entender o que é preciso para dar o primeiro passo. Antes de tudo, a recomendação é que a comunicação interna esteja bem consolidada em sua empresa, atrelada aos valores corporativos.

O projeto de podcast deve ser da Comunicação, que deve orientar as outras áreas a explorar o formato ao máximo. Mas isso não significa que esses pares não podem ter autonomia para desenvolver seus próprios podcasts – desde que sejam coerentes com os valores corporativos. O ideal é que a equipe de Comunicação direcione os outros departamentos sobre como criar e conduzir seus podcasts a fim de que a mensagem transmitida seja consistente e relevante.

A plataforma da Beehome permite criar diversos “canais” dentro do módulo de podcast, o que possibilita às companhias explorar muitos temas. Por exemplo, é possível ter um podcast para abordar assuntos de saúde, outro de RH, de marketing, de inovação, e por aí vai. Para engajar a audiência e realmente atingir o colaborador, é necessário trabalhar outros canais de divulgação, como a rede social corporativa (outra funcionalidade oferecida pela Beehome).

O funcionamento é bem simples! Basta gravar o áudio e carregá-lo na plataforma, indicando o nome do podcast e o episódio. E não pense que é preciso um estúdio para fazer a gravação. Muitas empresas aproveitam os recursos que têm dentro de casa, como softwares de conferência em vídeo para gravar a conversa e depois captar o áudio por meio de softwares disponíveis gratuitamente na internet. Também é possível deixar o podcast mais atrativo visualmente com o upload de imagens ou artes para identificar o tema de cada episódio.

Também é recomendável que os podcasts tenham uma periodicidade, por exemplo, com episódios lançados a cada semana ou quinzenalmente. Isso vai manter o ouvinte conectado aos novos episódios, especialmente se houver uma boa divulgação nos canais corporativos.

Na prática: Grupo Cornélio Brennand nas ondas sonoras do podcast  

O Grupo Cornélio Brennand, empresa centenária com atuação nos segmentos de vidros planos, energia renovável, desenvolvimento imobiliário e cimento, iniciou sua jornada pelo universo dos podcasts em abril deste ano através da plataforma de comunicação interna oferecida pela Beehome. A estreia foi com uma série de episódios sobre big data e ciência dos dados, em linguagem leve e acessível, em parceria com a área de dados da companhia.

“Tínhamos a necessidade de democratizar informações e alfabetizar o colaborador sobre a importância dos dados e como eles têm impactado nos nossos negócios. O formato foi assertivo, nos permitindo aprofundar no assunto e trazer essas informações de forma dinâmica e interativa”, conta Naira Sérvio, analista de comunicação do Grupo e responsável pelo projeto.

Essa primeira experiência trouxe inúmeros aprendizados e levou a área de Comunicação a abraçar de vez a funcionalidade da Beehome. “Inovação é um dos nossos valores, está em nosso DNA, e vimos no podcast uma oportunidade de fortalecer nossa comunicação interna trazendo um novo formato de conteúdo. Conseguimos trazer valor agregado e abordar temas que impactam a vida dos nossos colaboradores”, compartilha Lúcia Oliveira, Coordenadora de Comunicação do GCB.

Atualmente, o Grupo possui diversos canais de podcasts dentro Zum – nome dado pela empresa à plataforma da Beehome – com programas dedicados também à diversidade, saúde e outras novidades do dia a dia. A produção é feita dentro de casa, a partir da captação do áudio da gravação de videoconferência e até de WhatsApp, com o apoio de um parceiro para edição.

E a equipe de Comunicação aproveita o vídeo gravado para lançar um teaser na timeline da plataforma e demais canais internos para divulgação de cada episódio. O formato também permite acrescentar depoimentos gravados e enviados por colaboradores.

“É um canal que dá protagonismo aos colaboradores, permite valorizá-los e fomentar a representatividade. Eles podem contar suas histórias, compartilhar seus pontos de vista e interagir com os conteúdos”, complementa Lúcia. A ferramenta também garante maior gestão do conhecimento dentro da empresa, fornecendo um espaço de compartilhamento de capital intelectual e conexão entre áreas e colaboradores. “Quanto mais interatividade, maior é o engajamento”, realça Naira.

A jornada do Grupo Cornélio Brennand com os podcasts demonstra que a melhor receita para explorar o formato é “aprender fazendo”. Naira e Lúcia reforçam que não há apenas um caminho, e sim várias maneiras de testar e inovar. Entre as lições aprendidas, episódios que não sejam muito longos, divulgados com periodicidade definida, costumam manter a atratividade. E o melhor: a plataforma Beehome oferece indicadores de engajamento que permitem medir o sucesso das iniciativas.

“Esse é um caminho sem volta e mais simples do que parece. Num cenário de trabalho híbrido e de digitalização da comunicação corporativa, o podcast já é uma realidade. Seguiremos investindo nessa e em outras formas de humanização da comunicação, apoiadas pela Beehome”, finaliza Lúcia.

siga-nos

Receba nossas novidades no seu e-mail

Salvando

Obrigado por se cadastrar

             

Uma empresa membro do

Encontre-nos no Glassdoor.
Travessa do Amorim 66, Bairro do Recife, Recife, PE. CEP:50030-070 Brazil
Travessa do Amorim 66, Bairro do Recife, Recife, PE. CEP:50030-070 Brazil