Superando Barreiras de Comunicação Interna para Operacional

Em um cenário onde a comunicação interna é essencial para engajar as pessoas a alcançar resultados nas organizações. Empresas com um grande contingente de funcionários operacionais enfrentam desafios únicos. A comunicação interna para operacional pode encontrar barreiras no caso de colaboradores dispersos geograficamente. Além do trabalho em turnos não convencionais e dos diferentes níveis de familiaridade com a tecnologia.

 

Identificando as barreiras da comunicação

Conectividade 

O acesso inconstante à internet pode dificultar a disseminação de informações essenciais. Especialmente para aqueles trabalhadores em áreas remotas e fabris. 

Acessibilidade

Grande parcela desse público pode ter pouca maturidade digital. Nesse ponto, uma interface amigável e intuitiva facilita o uso para todos.

Engajamento

Manter altos níveis de engajamento pode ser desafiador em esquemas não convencionais. A comunicação eficaz é essencial para a integração e o alinhamento dos funcionários com os objetivos da empresa.

Comunicação

Muitas vezes esse público está longe do celular e tem um acesso limitado aos canais de comunicação. É importante encontrar alternativas adaptadas à comunicação interna para operacional. Afinal, é essencial compartilhar notícias, comunicados e informações relevantes com todos. 

Gestão de Pessoas

Centralizar a gestão de pessoas pode ser complexo. Especialmente para administrar treinamentos e avaliações de desempenho de forma eficiente.

 

Soluções da comunicação interna para operacional

Superando Barreiras de Comunicação Interna para Operacional 1

Acessibilidade Garantidas

A Beehome é projetada para garantir que todos tenham acesso às informações necessárias. Independentemente de sua localização, através do aplicativo.

Engajamento e Comunicação Eficaz

Nossa plataforma oferece ferramentas de conteúdo interativas. A rede social interna é adaptada à realidade do público. Desde notícias relevantes até treinamentos, enquetes e TV corporativa. Promovemos alta taxa de engajamento, mesmo em esquemas de folga e turnos.

Gestão de Pessoas Simplificada

Centralize a gestão de pessoas com a Beehome. Otimize o tempo e recursos do RH com funcionalidades para comunicação interna, treinamentos, avaliação de desempenho, workflow e wiki. Promovemos uma comunicação transparente e eficiente, reconhecimento de colaboradores e desenvolvimento profissional.

Flexibilidade e Personalização

A Beehome é uma plataforma completa e flexível, adaptando-se às necessidades específicas de cada empresa. Personalize a interface, crie conteúdos e workflows específicos. Integre-se facilmente com outras ferramentas utilizadas pela sua empresa.

 

Comunicação interna eficiente para operacional

A Coca-Cola Andina é uma engarrafadora e distribuidora dos produtos licenciados pela Coca-Cola Company. São mais de 8 mil colaboradores espalhados por diversas localidades. A Andina utiliza a Beehome desde 2022 como seu portal de serviços unificado para otimizar a comunicação interna e a gestão de pessoas. 

A plataforma foi fundamental para sistematizar as comunicações em turnos. Facilitando o acesso à informação para todos os colaboradores. Agilizando os processos de RH e promovendo a integração e o engajamento dos colaboradores.

 

 A Beehome fez o fluxo da informação chegar. 

 

“Consegui, com a Beehome, quebrar uma barreira de conexão, de comunicação. Hoje tenho motoristas comentando, interagindo. É um grande ganho quando se trata de uma empresa operacional.”

Débora Andrade Lima Araújo, Coordenadora de Cultura, Comunicação, Diversidade & Inclusão na Coca-Cola Andina Brasil.

Conheça Case de Sucesso da Coca-Cola Andina Brasil com a Beehome 

A Beehome é a solução ideal para empresas com público operacional. Software completo para a comunicação interna, a gestão de pessoas, engajar os colaboradores e promover o desenvolvimento profissional. Supere as barreiras de comunicação interna para operacional e atinja todo o potencial da sua empresa. Agende uma demonstração gratuita da Beehome hoje mesmo e descubra como podemos ajudá-lo a superar esses desafios!

Os canais de comunicação recebem milhares de dados diariamente. Essas informações são preciosas para entender as pessoas. Assim como, melhorar as entregas, aumentar a precisão na tomada de decisão e ter insights para novas ações. O que determina o sucesso ou não delas é a entrega desses dados. Canais que realizam análises precisas e atualizadas permitem que se alcance resultados em comunicação interna com dados.

100% dos profissionais de comunicação divulgam campanhas por canais de comunicação. Segundo “Pesquisa Tendências em Comunicação Interna 2024”, 52% enxergam como um dos principais desafios melhorar a mensuração e gestão de dados.

Algo de errado não está certo.

Ao mesmo tempo que estão em contato com as pessoas, os canais de comunicação estão falhando no monitoramento de dados e entrega de métricas para sua empresa. E pode acreditar que isso está afetando o impacto dos seus conteúdos nas pessoas.

 

Influência da mensagem

Gere resultados em Comunicação Interna com dados

Sabia que existem três níveis do influência das mensagens? São eles: 

  1. Pensar: acontece ao manter o colaborador informado. Aquele comunicado, newsletter, TV corporativa.
  2. Sentir: acontece no emocional, envolvendo as pessoas. Como em eventos, reuniões, campanhas de gamificação.
  3. Querer: ocorre ao influenciar o comportamento de cada um. Por meio de consultas, pesquisas, enquetes, avaliações de experiência. 

O que todos esses níveis têm em comum? Eles geram ações de quem é impactado. Seja ler um comunicado, comentar uma newsletter, participar de uma campanha ou responder uma enquete. 

Cada uma dessas ações feitas livremente são dados. Eles são os resultados do impacto de cada ação realizada pela Comunicação Interna. Esse impacto pode ser no engajamento, na satisfação ou no clima empresarial.

 

Como traduzir dados e obter resultados

Comunicação Interna com dados

Já começou a pensar em mil abas do Excel com várias linhas? Calma. Com o canal de comunicação certo você consegue obter indicadores em gráficos precisos e em tempo real.

Um exemplo é a plataforma da Beehome. Com ela você integra todos os colaboradores em um único lugar e consegue obter informações como:

  1. Porcentagem de engajamento na plataforma; 
  2. Quais conteúdos possuem mais interações;
  3. Pessoas mais ativas nas interações com os conteúdos;
  4. Verificar o clima atual de satisfação e comparar com pesquisas anteriores;
  5. Entre muitos outros.

Então, os canais têm te ajudando a gerir os dados e gerar resultados na Comunicação Interna? 

Estamos na reta final do ano: momento que a maior parte das organizações está na corrida para o alcance dos objetivos pré-estabelecidos. E quando pensamos em uma organização bem-sucedida, que alcança suas metas estratégicas, logo consideramos números, estratégias de negócio e gestão. Porém, aliar Comunicação Interna e gestão de OKR(Objetivos e resultados chave) contribui muito com este processo.

Eles são impulsionadores cruciais para fortalecer a cultura, tornar conhecida a estratégia e os rumos do negócio e fomentar o engajamento das pessoas. A Comunicação Interna, como parceira das áreas de negócio com o acompanhamento de OKRs, contribui para o conhecimento, a compreensão e o comprometimento coletivo com os rumos que a organização deseja tomar para atingir os seus resultados. O resultado é a melhoria em índices de produtividade, performance, turnover e alcance das metas e dos objetivos estratégicos, estabelecidos através de OKRs.

 

Mas como a Comunicação Interna pode contribuir?

O processo de definição de metas, objetivos e indicadores nas organizações nem sempre é claro para as pessoas. A Comunicação Interna atua para trazer clareza, alcance e compreensão dos colaboradores no processo, trazendo o tema nos canais e ritos adequados, com mensagens segmentadas e com o envolvimento das lideranças e facilitadores nas áreasTudo para que as pessoas estejam na mesma página e seguindo na mesma direção. 

 

5 estratégias para envolver e engajar as pessoas 

Geralmente, os ciclos de gestão ou performance nas organizações pode ser resumido em três grandes fases: planejamento, definição de metas, acompanhamento dos indicadores e fechamento, com demonstração de resultados. E, em cada uma dessas etapas, o envolvimento e engajamento de todas as pessoas – inclusive da liderança – é fundamental. 

O objetivo da Comunicação Interna, neste contexto, é apoiar no desafio de conquistar a atenção das pessoas e fazê-las compreender o porquê esse processo ser tão importante não só para a organização, mas também para o desenvolvimento de cada um. Sempre trazendo um conteúdo atrativo, informativo e alinhado à estratégia. Fique ligado nestas ideias para compor o plano de comunicação do Ciclo de Performance:

1. Alinhamento e Capacitação das Lideranças 

Uma boa maneira de dar início a uma campanha de grande importância como essa é envolver primeiramente a liderança. Webinars, workshops e encontros presenciais ou on-line (para garantir a presença de todos) são essenciais para relembrar o passo a passo do ciclo, reforçar sua relevância estratégica e a sua importância para o desenvolvimento das pessoas. A ideia é que os líderes saiam instrumentalizados e com a missão de contextualizar e incentivar os seus times a participar.

2. Lançamento para todas as pessoas

Para lançar o ciclo de fato para toda a organização, uma Live ou evento presencial ou híbrido pode ser uma boa forma para envolver inicialmente todas as pessoas. Neste momento, será possível trazer todas as informações relevantes e reforçar o valor dessa ação para os objetivos estratégicos da empresa e das equipes, além das vantagens para o desenvolvimento de cada pessoa. 

3. Comunicar o tema nos Canais de Comunicação

Após o lançamento do ciclo de performance, dúvidas podem surgir. Para compilar todas as informações e esclarecer a dúvida dos colaboradores, as lideranças já estarão instrumentalizadas a trazer o tema nas reuniões dos times. 

Podemos contar com guias, infográficos, vídeos curtos ou pílulas de conteúdo nos canais reforçando cada ponto relevante do processo, considerando os canais de Comunicação Interna que a organização utiliza: Aplicativo, E-mails, Intranet, Redes Sociais Corporativas, Murais nas unidades, TVs Corporativas, dentre outros. 

Outra estratégia super efetiva é eleger embaixadores internos do tema ou facilitadores nas áreas. O objetivo é que essas pessoas conheçam a fundo o processo e possam apoiar no esclarecimento de dúvidas e mobilização dos colegas, fortalecendo o trabalho da Liderança. Caso a organização ainda não possua, essa pode ser também uma oportunidade para voltar a atenção para este assunto. Conforme benchmarking realizado pela P3K Comunicação, disponível aqui, é possível observar o quanto esse time de colaboradores pode tornar a comunicação mais fluida e garantir autenticidade para a mensagem, contribuindo para o engajamento dos colegas.

4. Dê espaço às pessoas

Para demonstrar o quanto o processo é realmente relevante não só para os resultados da organização, mas também para o desenvolvimento das pessoas, traga relatos de colaboradores. Divulgue vídeos curtos colocando-os como protagonistas, contando como o Ciclo de Performance contribuiu para o seu aprendizado e crescimento profissional.

5. Não deixe o assunto morrer

Para não deixar que a ação se perca a efetividade ao longo do ano, é fundamental realizar comunicações periódicas. É possível, por exemplo, trazer em cada fase do ciclo como ela está impactando diretamente no resultado da organização, trazendo as metas gerais do negócio e mostrando como estamos mexendo os ponteiros. É possível ainda dar visibilidade aos projetos implementados e às equipes que estão avançando no alcance de suas metas.

 

Acompanhe indicadores e metas

Planejamento de progresso mensal okr (2)

A Beehome está lançando um novo módulo em sua plataforma – complementando as suas mais de 50 ferramentas – que apoiará no acompanhamento dos indicadores e metas das áreas e de cada um dos colaboradores, visando o cumprimento dos objetivos estratégicos. A ferramenta de OKR tem como objetivo organizar e acompanhar em um único local as metas e acompanhar os indicadores – sejam eles qualitativos ou quantitativos – favorecendo o direcionamento dos gestores, das áreas e da empresa como um todo, para rumarem todos na mesma direção. 

Quer saber mais sobre a ferramenta de OKR da Beehome? Clique aqui 

 

Comunicação Interna estratégica

Na dúvida sobre como desenvolver e conduzir esse processo, investir na contratação de uma agência especializada em Comunicação Interna e Endomarketing, como a P3K, pode te ajudar a estabelecer caminhos aderentes à cultura da empresa. Dessa forma, é possível co-criar um planejamento de comunicação que contempla todas as fases do ciclo de gestão ou performance da organização, alcançando o público interno de forma direcionada. 

Mensurar o impacto da comunicação interna é uma etapa primordial para avaliar a eficácia das estratégias adotadas. Ao entender o alcance e os resultados das iniciativas de comunicação, torna-se possível identificar oportunidades de aprimoramento, corrigir falhas e, mais importante, demonstrar o valor essencial que a área de comunicação agrega à empresa. O ideal para obter esses dados e acompanhar sua evolução, é utilizar uma ferramenta que cubra todas essas informações.  

Através da mensuração de métricas relacionadas à comunicação interna, é possível obter insights valiosos sobre o engajamento dos colaboradores, a compreensão das mensagens transmitidas, o alinhamento aos objetivos organizacionais e a percepção dos valores e cultura da empresa. Esses dados fornecem uma base sólida para tomar decisões informadas, otimizar a comunicação interna e impulsionar o sucesso do negócio como um todo.

 

Métricas

Aqui estão 8 métricas relacionados à comunicação interna que podem ajudar você a iniciar sua jornada rumo a um novo patamar de entrega e resultados:

  1. Taxa de engajamento: mensure o nível de engajamento dos colaboradores com as mensagens e conteúdos de comunicação interna. Mensure quantidade de visualizações, interações e curtidas, se possível.
  2. Pesquisas de clima organizacional: realize pesquisas periódicas para avaliar o clima organizacional e a satisfação dos colaboradores em relação à comunicação interna.
  3. Alcance e cobertura: meça o alcance das mensagens e a cobertura da comunicação interna. Faça pesquisas com os colaboradores para auxiliar o entendimento sobre o tema.
  4. Feedback e avaliações: colete feedback e avaliações dos colaboradores sobre a qualidade e eficácia da comunicação interna.
  5. Taxa de retenção e turnover: avalie o impacto da comunicação interna na retenção de talentos e no controle do turnover. Uma boa estratégia de comunicação interna pode aumentar o engajamento dos funcionários, melhorar a comunicação entre líderes e equipes, e consequentemente, reduzir a rotatividade.
  6. Métricas de produtividade: avalie o impacto da comunicação interna na produtividade da equipe. Converse com a liderança para reforçar o poder do líder comunicador e a importância do seu papel na produtividade da equipe.
  7. Feedback dos gestores: solicite feedback dos gestores sobre a eficácia da comunicação interna no apoio às metas e objetivos da equipe. Isso pode ajudar a identificar áreas de melhoria e a alinhar a comunicação com as necessidades do negócio.
  8. Métricas de acompanhamento: acompanhe a participação dos colaboradores em eventos, treinamentos ou programas de desenvolvimento interno. Isso pode indicar o nível de envolvimento e interesse dos colaboradores nas iniciativas de comunicação interna.

Utilizando ferramentas de mensuração

Atualmente no mercado, existem várias ferramentas que podem te auxiliar na mensuração dessas métricas relacionadas à comunicação interna. Ao acompanhá-las de perto e analisar os dados obtidos, você estará apto a tomar medidas concretas para impulsionar a eficiência e o impacto da comunicação interna, contribuindo para o crescimento e sucesso da organização como um todo.

A Beehome é uma plataforma de comunicação interna e gestão que desempenha um papel importante na implementação e mensuração de estratégias de comunicação. Veja algumas ferramentas que podem ser utilizadas:

 

Mensurar o engajamento: é possível acompanhar a taxa de engajamento dos colaboradores com posts, mensagens, curtidas e comentários no módulo Comunicação. O administrador pode rastrear o número de visualizações e interações nas publicações, obtendo métricas valiosas para avaliar o nível de engajamento dos colaboradores.

mensurar comunicação interna

Realizar pesquisas de clima organizacional: na área Gestão de Pessoas é possível criar e distribuir pesquisas periódicas de clima organizacional, permitindo avaliar a satisfação dos colaboradores em relação à comunicação interna e outros temas. As respostas coletadas podem ser analisadas para identificar áreas de melhoria e ajustar as estratégias de comunicação.

 

Medir o alcance e cobertura: a Beehome oferece meios para enviar pesquisas aos colaboradores e obter informações sobre o alcance das mensagens, auxiliando no entendimento do impacto e na identificação de possíveis lacunas na comunicação.

 

Coletar feedback e avaliações: através do feedback, comentários e enquetes, os colaboradores podem expressar suas opiniões e fornecer insights valiosos para aprimorar a comunicação.

 

Acompanhar métricas de participação: para acompanhar a participação dos colaboradores em eventos, treinamentos ou programas de desenvolvimento interno, a plataforma oferece features específicas como eventos e treinamentos. Essas métricas de acompanhamento podem indicar o nível de envolvimento e interesse dos colaboradores nas iniciativas de comunicação interna.

 

Apoio à sua Comunicação Interna

Além dessas ferramentas, a Beehome possui o módulo Corporativo onde é possível integrar e acompanhar dentro da plataforma, declarações, pagamentos, agendamento de salas, tarefas e muito mais, proporcionando assim, uma visão abrangente e integrada de todas as áreas da empresa.

Ao utilizar a Beehome como plataforma de comunicação interna, é possível centralizar todas essas métricas em um único lugar, facilitando a análise e interpretação dos dados. Com base nas informações obtidas, a equipe responsável pela comunicação interna pode tomar decisões mais assertivas, otimizar as estratégias e impulsionar o sucesso da organização.

Esse conteúdo foi escrito em parceria com a Incanto Comunica, nossa parceira especializada em Comunicação Interna, redes sociais corporativas e marca empregadora. Ficou com dúvidas ou precisa entender melhor como aplicar essas sugestões? Entre em contato com a Incanto Comunica.

“O Beehome é fundamental para divulgar o que acontece no dia a dia em cada unidade. As pessoas têm a oportunidade de conhecer outros ‘Benners’, suas histórias e sonhos, o que fortalece nossa cultura

Severino Benner, CEO da Benner.

A Benner Sistemas é uma grande empresa do segmento de softwares de gestão, que está há mais de 25 anos criando soluções nas áreas de gestão em ERP, jurídico, logística, recursos humanos, saúde e turismo corporativo. Eles chegaram até o Beehome com o desafio de estabelecer uma comunicação fluida e atualizada entre seus mais de 1.400 colaboradores, alocados em diversas unidades pelo Brasil e em outros países, com parte em home office, sem depender do e-mail como ferramenta de comunicação. Hoje a plataforma possui um engajamento médio de 85% entre os funcionários

“O Beehome nos ajudou a integrar nossos colaboradores, deixá-los mais próximos e conectados uns com os outros, e entre unidades”

Camila Almeida Costa, Coordenadora de Inovação Corporativa da Benner.

A Benner chegou até o Beehome em agosto de 2022, ao buscar uma solução para engajar a equipe e melhorar a comunicação entre as empresas do grupo. Por ter várias unidades espalhadas pelo Brasil, cada uma possuía uma comunicação diferente e dificuldades distintas. 

 

Antes a comunicação interna era feita por e-mail ou em grupos de conversa por aplicativo. Por isso, não era possível medir quantas pessoas estavam de fato acessando conteúdos importantes para a empresa. Também houveram tentativas de utilizar ferramentas dedicadas apenas a comunicação interna, sem sucesso. 

 

Tudo em um só lugar

Sendo assim, a plataforma do Beehome precisava ser um ponto de acesso para todos os sistemas que a Benner utiliza, tornando a Comunicação Interna efetiva e estratégica, com uma Rede Social Corporativa que engajasse e fortalecesse a cultura do grupo, sem divisões por unidade.

“Temos colaboradores em todo o Brasil e até no exterior, por isso o Beehome é fundamental para divulgar o que acontece no dia a dia em cada unidade. As pessoas têm a oportunidade de conhecer outros ‘Benners’, suas histórias e sonhos, o que fortalece nossa cultura

Severino Benner, CEO da Benner.

Em dezembro de 2022 o “Universo Benner” foi lançado, uma plataforma Powered By Beehome, reunindo as soluções em Comunicação Interna e Rotina Corporativa. O que transformou positivamente todas as áreas, afinal a comunicação tem chegado de forma mais rápida e mais leve a todas elas

 

O Beehome impactou diretamente as áreas de: RH, endomarketing, educação corporativa e inovação corporativa e infraestrutura. Por serem as que mais utilizam as soluções da plataforma, elas sentem diretamente o alcance surpreendente das ferramentas.

 

Mudança feita por pessoas

Porém, a transformação só pode acontecer com as pessoas. O Beehome fornece o ambiente, mas quem constrói esses resultados é o time da Benner. Que brilha com uma estratégia impecável na comunicação da rede social corporativa. O crescimento mensal do engajamento dos colaboradores é a consequência do plano de ação do endomarketing da empresa. 

 

No caso do “Universo Benner”, a Camila Costa,  é uma das responsáveis por colocar criatividade e dedicação na condução da plataforma, que tem obtido resultados incríveis em apenas 4 meses de uso. Com uma estratégia de comunicação que usa uma linguagem leve, descontraída, e a criação de avatares responsáveis por levar as informações às pessoas.

O aumento no engajamento é surpreendente! Isso é fruto das várias ferramentas oferecidas, somadas à dedicação do meu time de comunicação interna e a parceria do Suporte Beehome. Sempre disposto a nos atender rapidamente e ouvir nossos pedidos e sugestões”

Camila Almeida Costa, Coordenadora de Inovação Corporativa da Benner.

 

Engajamento de verdade

A possibilidade de modernizar a comunicação, a acessibilidade para vagas internas, o volume significativo do cadastro de ideias no programa de intraempreendedorismo (mais de 40 ideias foram cadastradas em menos de dois meses pelos colaboradores) e a interação rápida com os colaboradores, seja através de enquetes, pesquisas, comunicados, são alguns dos impactos da chegada do Beehome. Além da empresa conseguir acessar os sentimentos dos colaboradores através da pesquisa de clima empresarial constante na plataforma. 

 

O engajamento dos colaboradores na plataforma atualmente ultrapassa os 80%. Os indicadores de interações reforçam a importância social e colaborativa do Beehome:

engajamento de colaboradores

“As notícias e as informações que precisamos passar realmente estão chegando às pessoas. Conseguimos auditar tudo e ver que as pessoas estão realmente interagindo

Camila Almeida Costa, Coordenadora de Inovação Corporativa da Benner.

 

Gamificação como incentivo para colaboradores

O que é Gamificação?

A ação de ‘gamificar’ tem originem na palavra ‘game’, que se traduz para jogo em português. Ela acontece quando se aplicam dinâmicas e mecanismos dos jogos em outros ambientes. No caso de organizações a gamificação pode acontecer com o objetivo de motivar, incentivar, premiar de forma lúdica, os funcionários. 

 

A Gamificação é um dos aspectos da estratégia da Benner para envolver os colaboradores. Desde a primeira campanha gamificada, a resposta positiva foi sentida fortemente através dos indicadores. Por isso, atualmente são realizadas ações mensais com brindes pensados para o público interno. 

 

A campanha gamificada ‘Maio com M de Moletom’ contou com a participação de ⅓ do quadro de funcionários em apenas 10 dias no ar. Resultado que comprova o sucesso da metodologia para estimular a participação de funcionários.

 

Quer envolver seus colaboradores de maneira efetiva como a Benner? Agende agora uma conversa conosco.

Na era do trabalho híbrido, a comunicação interna ganhou ainda mais força nas organizações como ferramenta de engajamento. Quando milhões de pessoas passaram a trabalhar remotamente, o relacionamento transparente com os colaboradores permitiu às empresas manter o ritmo das atividades, mesmo à distância. A comunicação interna é o principal pilar para desenvolver uma relação com o público interno por meio de diferentes canais, sejam online ou offline. Assim, é possível garantir que a mensagem da organização chegue até os colaboradores. Seja com o objetivo de motivar, incentivar e difundir os valores corporativos, bem como engajar todos em linha com as principais estratégias de negócio. 

 

Um estudo global recente indica que engajar times em torno de propósito, estratégia e valores é prioridade para mais da metade dos profissionais de comunicação interna. No entanto, a capacidade de mensurar os esforços da área figura entre os três maiores desafios citados por eles. Portanto, melhorar a mensuração e capacidade de analisar dados gerados pela comunicação interna é a principal habilidade que esses profissionais acreditam que precisam melhorar para influenciar suas organizações. 

 

Por que é tão importante medir os resultados da comunicação interna? 

 

Os principais vantagens em se obter dados sobre as estratégias da área e analisá-los são:

  • Compreender se a comunicação está alcançando devidamente o público-alvo nos diversos canais, e qual o impacto dela;
  • Monitorar a satisfação dos colaboradores em relação à comunicação interna;
  • Acompanhar a mudança de comportamento e resultados de negócios (feedback de áreas, gestores de pessoas, sessões de escuta, métricas de negócios – como taxas de adoção, rotatividade de funcionários, etc.);
  • E, sobretudo, demonstrar o valor estratégico e o impacto de trabalho da área para a liderança e outras partes interessadas.

 

Como medir a comunicação interna das empresas?

 

Antes de tudo, é importante definir métricas de sucesso para comparar os dados coletados e avaliar as ações executadas. Isso permitirá diagnosticar se os esforços estão sendo investidos para se atingir os objetivos. 

 

Ao analisar os dados de acordo com os benchmarks estipulados é possível:

– Entender a necessidade de aumentar a atuação em determinadas áreas, especialmente aquelas em que o engajamento é determinante para aos colaboradores;

– Extrair aprendizados importantes sobre por que determinada atividade/ação foi bem-sucedida ou não;

– Identificar a necessidade de ajustar conteúdos e mensagens. 

 

E o melhor: tudo isso pode ser feito de forma cíclica. Ou seja, há um ciclo de mensuração que se inicia com a definição de métricas de sucesso. Ele é seguindo pela coleta de dados, a comparação dos dados e, por fim, avaliação dos próximos passos. A cada rodada, você terá insights suficientes para definir novas métricas de sucesso. 

 

A tendência é que você acumule informações sobre os melhores horários para compartilhar conteúdo ou quais grupos alvo respondem melhor a quais tipos de conteúdo. Também será possível descobrir quais públicos ainda não estão engajados ou quais áreas precisam ser mais trabalhadas. Esses dados são valiosos para definir novas metas e ajustar seus benchmarks à medida que seu banco de dados evolui.

 

Como o Beehome pode ajudar na mensuração?

 

Muitos comunicadores não sabem por onde começar a medir suas ações, nem possuem as ferramentas certas. A plataforma integrada para comunicação interna, rede social corporativa e gestão de pessoas e processos da Beehome é utilizada por inúmeras empresas para mensurar a comunicação interna, fornecendo dados sobre conteúdo e engajamento. 

 

Dentro da Beehome, há vários indicadores de resultados que auxiliam as equipes de comunicação a entender o comportamento dos colaboradores. Assim, é possível produzir um material de comunicação assertivo, bem como melhorar ações que ampliam o relacionamento com colaboradores

 

O dashboard de indicadores do Beehome fornece dados sobre: 

– Acesso: onde é possível ver os acessos dos colaboradores por período de tempo, empresa ou unidade. 

– Engajamento: permite analisar o engajamento de cada ação de comunicação, identificando, por exemplo, se os vídeos foram mais vistos ou se as notícias foram mais lidas.

– Reações: possibilita verificar qual dos canais de comunicação utilizados repercutiu mais reações por parte dos colaboradores e, assim, entender quais os melhores canais para divulgar as informações.

– Auditoria: essa funcionalidade torna possível executar uma auditoria mais detalhada das estratégias utilizadas para examinar a interação dos colaboradores. Também permite a auditoria por usuário para se analisar o comportamento individual.

– Timeline trends: apresenta as tendências de comportamento dos colaboradores.

 

Além dos dashboards, a Beehome permite que os times de comunicação possam extrair relatórios analíticos de engajamento. Eles ajudam a compreender o comportamento e interesses dos colaboradores, fornecendo insights relevantes para a criação de conteúdos mais assertivos. Com esses dados, os gestores podem identificar também qual o modelo de comunicação que é mais aceito (podcast, vídeo, notícias) e quais os horários de maior acesso para que as notícias sejam divulgadas no “timing” ideal para que os colaboradores possam receber alertas de leitura.

Empresa engaja mais de 15 mil colaboradores na plataforma “Conecta”; projeto resulta da parceria estratégica entre a TI e as áreas de comunicação e gestão de pessoas.

A Solar Coca-Cola, engarrafadora e distribuidora dos produtos de refrigerante, é a segunda maior representante da multinacional no país. Desde a incorporação do Grupo Simões, em fevereiro, a companhia assumiu a liderança do mercado de bebidas nas regiões Norte, Nordeste, Estado do Mato Grosso e parte de Goiás e Tocantins, firmando-se como a 15ª maior empresa do sistema global de fabricantes da Coca-Cola. Graças ao projeto de transformação digital iniciado pela área de TI em 2018, a empresa, que saltou de 12 mil para mais de 15 mil colaboradores com a operação, conseguiu integrar toda a força de trabalho por meio do “Conecta”, plataforma de convergência fornecida pela recifense Beehome.

Com 80% dos colaboradores nas áreas operacionais, o que restringe o acesso ao computador, o desafio da Solar era oferecer todos os serviços e informações em um só lugar. “Há anos iniciei uma pesquisa no mercado e conheci a Beehome durante o IT Forum, encontro de negócios de tecnologia promovido pela IT Mídia. Identificamos que eles forneciam a melhor solução para revolucionarmos o nível de serviços da família Solar”, destacou Cláudio Fontes, diretor de TI  e Serviços Compartilhados na Solar. “Hoje, através do ‘Conecta’ conseguimos prestar um nível de serviço diferenciado para todas as necessidades dos colaboradores na palma da mão de cada um deles, em qualquer lugar, 24 horas por dia”.

De 2018 para cá, o projeto avançou e ganhou novos protagonistas, como as áreas de Recursos Humanos, Comunicação e Serviços Compartilhados. A jornada vivenciada anteriormente com o “Conecta”, iniciada com a integração de sistemas de gestão de pessoas, permitiu que a Solar estivesse preparada para enfrentar novos desafios.

“A companhia não teria sobrevivido sem o apoio da plataforma de convergência durante a pandemia”

Sarah Cavalcante, Gerente de Desenvolvimento Organizacional na Solar Coca-Cola.

Convergência na palma da mão

Nos últimos anos, a Solar Coca-Cola reformulou sua cultura organizacional com foco nas pessoas. Essa nova visão culminou na criação de uma área de Serviços Compartilhados, suportada pelo lançamento do “Conecta Solar”, que teve como advisor o CIO da companhia.

“A TI tem a missão de gerir a governança desse ambiente de convergência. Cuidamos para que todos os requerimentos relacionados a serviços e conteúdos sejam disponibilizados no ‘Conecta’”. Há um capítulo dedicado ao “Conecta” no planejamento estratégico da Solar, uma vez que a plataforma é chave para a colaboração e inovação. O sucesso da iniciativa, segundo Fontes, deriva de uma parceria entre a TI e as áreas comunicação e gestão de pessoas.

Atualmente, a plataforma converge em um único local todas as comunicações, pronunciamentos, lives, treinamentos, documentos, normas, procedimentos, serviços como gestão de férias, ponto digital, demonstrativo de pagamento e abertura de chamados para uma enormidade de serviços, além de uma rede privada de mensagens. Esses conteúdos e serviços podem ser acessados pelo computador ou pelo celular.

Em uma realidade de constante e rápida disponibilização de novas tecnologias, o desafio maior é assegurar que a estratégia seja mantida. Para tanto, há desafios de integração das soluções utilizadas na empresa com o “Conecta”. Em particular, o CIO destaca a integração de uma nova solução digital de recursos humanos. “Foi um enorme desafio melhorar o que já estava ótimo, mas nós conseguimos graças a um trabalho em conjunto entre RH, TI, Serviços Compartilhados e a Beehome”.

O diretor de TI também conta que a aceitação do “Conecta” é muito alta, e que raramente há uma indisponibilidade na ferramenta. E quando uma nova solução precisa ser integrada à plataforma e surge a necessidade de escalar a infraestrutura, a Beehome consegue atuar com agilidade, imprimindo mais velocidade à Solar.

“A Beehome é um dos principais parceiros da Solar devido à flexibilidade, altíssima disponibilidade do ponto de vista de atendimento e suporte e também por trabalhar junto aos nossos fornecedores para viabilizar a integração com o ‘Conecta’ por meio de APIs”, avalia. Ele pontua que houve a necessidade de desenvolver algumas funcionalidades na plataforma para adequá-la ao planejamento estratégico, exigindo uma dedicação do time de desenvolvimento da Beehome.

Para Erik Ramalho, CEO da Beehome, a Solar é uma referência nacional não só para o sistema Coca-Cola, mas para todas as empresas em termos de processos, inovação, gestão e comunicação. A prova disso é que muitas das funções oferecidas hoje na Beehome são fruto dessa jornada com a fabricante, como o módulo de Biblioteca Digital, que oferece uma experiência de leitura de e-books dentro da plataforma.

Ser a solução adotada pela Solar há mais de cinco anos é motivo de muito orgulho para nós e mostra que a Beehome acertou em cheio quando planejou, desde a sua concepção, oferecer uma plataforma que trouxesse soluções não só para comunicação interna, mas também gestão de pessoas e processos”, afirma Ramalho. “A essência desse projeto é a parceria que permite melhorias contínuas”.

Confira os depoimentos de Cláudio Fontes, diretor de TI  e Serviços Compartilhados na Solar, e Sarah Cavalcante, Gerente de Desenvolvimento Organizacional na Solar Coca-Cola:

Autonomia, produtividade e inclusão

Expandir o acesso além das soluções de recursos humanos representou uma quebra de paradigmas na companhia. De acordo com Sarah Cavalcante, havia uma barreira para a digitalização associada à experiência do usuário, especialmente ao público de mais idade e não tão familiarizado com o mundo digital. “O ‘Conecta’ ajudou a construir uma nova história e criar um legado para a convergência de novas tecnologias na plataforma”. E para que a digitalização realmente acolhesse a heterogeneidade de colaboradores, houve um esforço dos times de gestão de pessoas e comunicação, bem como o treinamento de pontos focais nos diversos departamentos para que gerenciassem suas iniciativas na solução.

A plataforma veio para desmistificar que as pessoas não são digitais. Qualquer pessoa pode se digitalizar, desde que incentivada e educada. É um movimento que a sociedade espera, visto que os bancos e o próprio governo lançam cada vez mais apps”, afirma Sarah.

Assim, a solução trouxe mais autonomia ao colaborador, que passou a realizar diversas solicitações e procedimentos diretamente pelo ambiente, e mais produtividade a toda a organização, que digitalizou processos, evitando a abertura de chamados, ligações e emails. Por exemplo, o colaborador consegue marcar férias, acessar o contracheque ou incluir um dependente do plano de saúde na palma da mão, com o app “Conecta”.

O “Conecta” também ganhou funcionalidades que promovem o engajamento além da rede social interna, como a Rádio Solar – um programa de áudio, com uma grade musical e informativa e episódios quinzenais relacionados à identidade organizacional da empresa, um programa que promove a troca de cartões de reconhecimento com os valores da solar  e acesso integrado a diversas aplicações importantes para o dia a dia do colaborador como holerites, solicitações de férias, service desk entre outros. Todos os serviços oferencendo suporte em libras.

Durante a pandemia, a ferramenta também foi crucial para informar a força de trabalho e emitir alertas sobre os sintomas. Para isso, foi criada uma API onde as pessoas conseguiam entrar pelo “Conecta” e informar a ocorrência sintomas para que o time do ambulatório pudesse entrar em contato e direcionar o caso.

O ‘Conecta’ é uma ferramenta importante de engajamento e de retenção e nos permite ser mais inclusivos e dinâmicos, bem como alcançar colaboradores que estão na rua”, pontua a Gerente de Desenvolvimento Organizacional, que reconhece a importância da solução para as práticas de gestão de pessoas da Solar, premiada, este ano, com a certificação Great Place To Work para o estado do Ceará.

 

Módulo de Gestão de Ideias e Inovação da Beehome: como gerenciar o potencial criativo de seus colaboradores e impulsionar a inovação

Empresas de todo o mundo bebem das ideias inovadoras de seus colaboradores para otimizar serviços, produtos e processos. Afinal, esses funcionários estão imersos no dia a dia corporativo e sabem exatamente onde estão as maiores dores do negócio e também as maiores oportunidades de otimização, o que torna as melhorias propostas por eles realmente valiosas. As percepções dos funcionários podem refletir em melhorias nas mais diversas áreas, da manufatura ao marketing. No entanto, na prática os que trabalham imersos no “front” são os menos ouvidos pelas empresas devido ao nível hierárquico. Isso muda com a implementação de uma plataforma para a gestão de ideias desses profissionais.

As empresas devem buscar mecanismos para fomentar a geração e implementação de ideias de colaboradores para estabelecer e encorajar cultura inovadora inclusiva. E para engajar os funcionários nessa esteira inovadora, é preciso que o processo de curadoria e seleção de ideias seja transparente.

 

Gestão de Ideias e Inovação da Beehome

O módulo Gestão de Ideias e Inovação da Beehome, plataforma de comunicação 360 graus, permite que os colaboradores enviem suas ideias inovadoras digitalmente. Tudo funciona de forma simples! Primeiro, a jornada começa por meio da comunicação de uma campanha para estimular os colaboradores a participar sugerindo ideias inovadoras para melhorar rotinas internas, produtos e serviços.

A partir disso, eles podem cadastrar e detalhar as ideias diretamente na plataforma. É possível que mais de um colaborador cadastre ideias em conjunto. Assim, outras pessoas, como uma equipe ou departamento, podem colaborar com uma ideia cadastrada, incentivando a coletividade.

A plataforma da Beehome gerencia o ciclo de vida das ideias cadastradas. Os responsáveis pela área de inovação podem aprovar ideias enviadas pela da ferramenta, selecionando quais avançaram para a próxima fase. Uma vez selecionadas, as ideias mais bem avaliadas passam para a fase de estudo de viabilidade e depois de implantação. Em todas essas fases os funcionários recebem feedbacks sobre suas ideias e podem acompanhar as avaliações.

As ideias não aprovadas ficam registradas na ferramenta e podem ser resgatadas, por exemplo, em outras campanhas pelo colaborador no futuro, não sendo necessário cadastrar novamente. Outra vantagem é que a plataforma pode ser gamificada, de forma que a empresa pode reconhecer colaboradores que têm suas ideias implantadas.

E tudo isso acontece no ambiente digital da Beehome, que permite que cada empresa customize o fluxo de aprovação de uma ideia (quantidade de etapas), bem como o comitê avaliador que irá trabalhar remotamente na seleção. Sem contar que o próprio sistema calcula a nota que cada ideia recebeu na avaliação e possibilita que os avaliadores tirem dúvidas sobre as ideias com o envio de perguntas aos autores.

A cultura de inovação no Grupo JCPM

Em um mundo em constante evolução, a inovação é fundamental para o Grupo JCPM, que atua nos setores de comunicação, shopping centers e imobiliário. Com a transformação digital e a pandemia, os hábitos dos consumidores foram alterados, de modo que a interação com os shoppings se tornou uma experiência omnichannel. Nesse sentido, o grupo aposta em projetos que buscam trazer a omnicanalidade baseada no conceito de shopping online integrado com lojas físicas.

Em busca de incentivar internamente uma cultura de inovação, a organização conta com o Criar, um programa de ideias desenvolvido há dois anos que visa identificar profissionais com visão empreendedora e dar suporte necessário para que novas ideias sejam materializadas.

“Queremos consolidar uma cultura que permita a todos os colaboradores explorar o seu potencial criativo e contribuir com a inovação. Isso impacta os negócios ao aprimorar o valor que entregamos para os clientes hoje, mas também nos ajudando a criar valor novo no futuro”, detalha Sérgio Barretto, Gerente de Inovação do Grupo JCPM.

Para sustentar o programa Criar, o JCPM conta com o módulo de Gestão de Ideias e Inovação da Beehome. “O módulo de gestão de ideias nos permite quebrar qualquer barreira hierárquica na criação do novo. Aqui todos os colaboradores podem propor inovações sem censura prévia e sem receio de críticas, pelo contrário, os colegas ainda podem contribuir para melhorar as ideias propostas”.

O programa, por exemplo, lança periodicamente desafios atrelados a negócios específicos do grupo, mas também desafios abertos que não envolvem uma temática específica. O objetivo é que a ideia realmente entre para o portfólio de iniciativas de inovação ligadas ao negócio. É o caso do projeto do case “Leva compras”, uma ideia que surgiu por meio do programa Criar e foi testada e validada pelo time de produtos e já está em operação nos shoppings.

“O módulo de gestão de ideias da Beehome é fundamental para gerenciar as sugestões e centralizar essas informações em um só lugar, além de manter a comunicação com os colaboradores engajados. A ferramenta, sobretudo, oferece indicadores relevantes sobre o programa, como as áreas mais engajadas”, complementa Rafael Fernandes, consultor de inovação do Grupo JCPM.

Como dica para as empresas que querem incentivar essa cultura inovadora entre os colaboradores, o consultor realça a importância de se estabelecer uma conexão direta entre as iniciativas propostas e a estratégia de negócios. “Uma recomendação é equilibrar o portfólio de ideias disruptivas com ideias incrementais para que haja uma inovação sustentável do negócio”.

Podcast: engajamento e versatilidade na comunicação corporativa

O podcast é uma ferramenta incrível para os departamentos de comunicação atingirem o público interno com uma mensagem em tom mais amigável. Este formato não apenas caiu no gosto do público, como também está fazendo sucesso nas empresas pelo engajamento e dinamismo proporcionado ao se comunicar notícias internas e outras informações.

O áudio permite trabalhar diversos conteúdos e trilhas sonoras, transformando a comunicação empresarial em uma conversa mais intimista e descontraída, como a do rádio. Além de humanizar a comunicação, possibilita que o colaborador vivencie o dia a dia da organização por meio de uma experiência que vai além do texto e, por vezes, traz uma melhor compreensão. Sem dúvidas, essa é uma forma de abordar diversos assuntos e temáticas em uma linguagem muito mais acessível.

O módulo de podcast da Beehome, plataforma de comunicação interna 360 graus, está se tornando cada vez mais popular nas empresas. Isso mostra que já está na hora das organizações entenderem que precisam explorar outros formatos para serem mais inclusivas. Afinal, o mundo conectado de hoje exige que a comunicação corporativa também seja multimídia, incluindo formatos não apenas em texto.

Vantagens de adotar o podcast em sua estratégia de comunicação:

  • Linguagem acessível e dinâmica
  • Possibilidade de explorar recursos sonoros
  • Tom mais humanizado e amigável
  • Oportunidade para abordar diversos conteúdos, dos mais complexos aos mais corriqueiros
  • Rapidez na transmissão da mensagem
  • Capacidade multitela (pode ser acessado pelo celular, computador ou TV corporativa)
  • Interatividade com ouvintes, uma vez que os colaboradores podem deixar um comentário em cada episódio

Podcast: por onde começar na sua empresa?

Agora que você já sabe os benefícios que o podcast proporciona a sua estratégia de comunicação interna, é importante entender o que é preciso para dar o primeiro passo. Antes de tudo, a recomendação é que a comunicação interna esteja bem consolidada em sua empresa, atrelada aos valores corporativos.

O projeto de podcast deve ser da Comunicação, que deve orientar as outras áreas a explorar o formato ao máximo. Mas isso não significa que esses pares não podem ter autonomia para desenvolver seus próprios podcasts – desde que sejam coerentes com os valores corporativos. O ideal é que a equipe de Comunicação direcione os outros departamentos sobre como criar e conduzir seus podcasts a fim de que a mensagem transmitida seja consistente e relevante.

A plataforma da Beehome permite criar diversos “canais” dentro do módulo de podcast, o que possibilita às companhias explorar muitos temas. Por exemplo, é possível ter um podcast para abordar assuntos de saúde, outro de RH, de marketing, de inovação, e por aí vai. Para engajar a audiência e realmente atingir o colaborador, é necessário trabalhar outros canais de divulgação, como a rede social corporativa (outra funcionalidade oferecida pela Beehome).

O funcionamento é bem simples! Basta gravar o áudio e carregá-lo na plataforma, indicando o nome do podcast e o episódio. E não pense que é preciso um estúdio para fazer a gravação. Muitas empresas aproveitam os recursos que têm dentro de casa, como softwares de conferência em vídeo para gravar a conversa e depois captar o áudio por meio de softwares disponíveis gratuitamente na internet. Também é possível deixar o podcast mais atrativo visualmente com o upload de imagens ou artes para identificar o tema de cada episódio.

Também é recomendável que os podcasts tenham uma periodicidade, por exemplo, com episódios lançados a cada semana ou quinzenalmente. Isso vai manter o ouvinte conectado aos novos episódios, especialmente se houver uma boa divulgação nos canais corporativos.

Na prática: Grupo Cornélio Brennand nas ondas sonoras do podcast  

O Grupo Cornélio Brennand, empresa centenária com atuação nos segmentos de vidros planos, energia renovável, desenvolvimento imobiliário e cimento, iniciou sua jornada pelo universo dos podcasts em abril deste ano através da plataforma de comunicação interna oferecida pela Beehome. A estreia foi com uma série de episódios sobre big data e ciência dos dados, em linguagem leve e acessível, em parceria com a área de dados da companhia.

“Tínhamos a necessidade de democratizar informações e alfabetizar o colaborador sobre a importância dos dados e como eles têm impactado nos nossos negócios. O formato foi assertivo, nos permitindo aprofundar no assunto e trazer essas informações de forma dinâmica e interativa”, conta Naira Sérvio, analista de comunicação do Grupo e responsável pelo projeto.

Essa primeira experiência trouxe inúmeros aprendizados e levou a área de Comunicação a abraçar de vez a funcionalidade da Beehome. “Inovação é um dos nossos valores, está em nosso DNA, e vimos no podcast uma oportunidade de fortalecer nossa comunicação interna trazendo um novo formato de conteúdo. Conseguimos trazer valor agregado e abordar temas que impactam a vida dos nossos colaboradores”, compartilha Lúcia Oliveira, Coordenadora de Comunicação do GCB.

Atualmente, o Grupo possui diversos canais de podcasts dentro “Zum” – nome dado pela empresa à plataforma da Beehome – com programas dedicados também à diversidade, saúde e outras novidades do dia a dia. A produção é feita dentro de casa, a partir da captação do áudio da gravação de videoconferência e até de WhatsApp, com o apoio de um parceiro para edição.

E a equipe de Comunicação aproveita o vídeo gravado para lançar um teaser na timeline da plataforma e demais canais internos para divulgação de cada episódio. O formato também permite acrescentar depoimentos gravados e enviados por colaboradores.

É um canal que dá protagonismo aos colaboradores, permite valorizá-los e fomentar a representatividade. Eles podem contar suas histórias, compartilhar seus pontos de vista e interagir com os conteúdos”, complementa Lúcia. A ferramenta também garante maior gestão do conhecimento dentro da empresa, fornecendo um espaço de compartilhamento de capital intelectual e conexão entre áreas e colaboradores. “Quanto mais interatividade, maior é o engajamento”, realça Naira.

A jornada do Grupo Cornélio Brennand com os podcasts demonstra que a melhor receita para explorar o formato é “aprender fazendo”. Naira e Lúcia reforçam que não há apenas um caminho, e sim várias maneiras de testar e inovar. Entre as lições aprendidas, episódios que não sejam muito longos, divulgados com periodicidade definida, costumam manter a atratividade. E o melhor: a plataforma Beehome oferece indicadores de engajamento que permitem medir o sucesso das iniciativas.

“Esse é um caminho sem volta e mais simples do que parece. Num cenário de trabalho híbrido e de digitalização da comunicação corporativa, o podcast já é uma realidade. Seguiremos investindo nessa e em outras formas de humanização da comunicação, apoiadas pela Beehome”, finaliza Lúcia.

siga-nos

             

Uma empresa membro do

Encontre-nos no Glassdoor.
 

               
    Travessa do Amorim 66, Bairro do Recife, Recife, PE. CEP:50030-070 Brazil
    Travessa do Amorim 66, Bairro do Recife, Recife, PE. CEP:50030-070 Brazil